Visualizações:

quarta-feira, 9 de julho de 2014

''Eu sou Paty'', ''Pa mim?''

Ela é tímida, uma graça, chega na vila com sua tia, arranca suspiros do Chaves e Quico e desperta ciúmes na Chiquinha. Ela mesma, a Paty, personagem que apareceu em alguns episódios na  temporada de 1978.


Paty no episódio ''As Novas Vizinhas''

A personagem teve 4 versões, tema para uma futura postagem e muito  interessante de se explorar, mas agora irei falar dessa que é a mais conhecida no Brasil, e claro, reprisado inúmeras vezes pelo SBT. A personagem devido ao seu carisma continuou no programa, participou de  outros episódios no ano seguinte, (do restaurante por exemplo, quando o programa já estava em decadência na sua última temporada da séria clássica em 1979).


Antes de fazer parte do elenco de Chaves, Ana Lillian de la Macorra era  assistente de produção do programa, ou seja sempre atrás das câmeras. Roberto Gómez Bolaños (Chaves), tinha feito testes com várias atrizes, inclusive consagradas na época, mas ao observar Ana Lillian de la Macorra percebeu que era ela o que ele tava procurando,  a convidou pra fazer parte da atração com personagem Paty, argumentando que ela tinha um rosto angelical, era meiga e tinha carisma para TV.  Foi então que ela veio a se tornar uma das personagens secundárias mais lembradas do seriado.


Ana Lillian de la Macorra creditada no final de um episódio antes
de viver a personagem Paty.








''As Novas Vizinhas'' são os episódios da Paty que os brasileiros mais tem conhecimento. Glória chega na vila pra morar com sua sobrinha, claro que a confusão está instalada naquela humilde vila de periferia. Os grandes momentos são: a interação do Chaves com sua nova vizinha, o Seu Madruga paquerando a Glória e o ciúmes feat inveja da Chiquinha, confesso que eu fico com peninha dela, pelo contraste social entre as duas. O mais interessante não só nesse episódio, mas todos da série, a inocência prevalece, independente do que é apresentado em situações, com suas criticas sociais sutis, nunca foi nada ofensivo ou ultrapassando o contexto da atração: a infância, na sua melhor época, com brincadeiras de rua, o lado lúdico e os mais variados sentimentos que no final ou até mesmo antes já estão todos juntos brincando e se divertindo.




Personagem num episódio da escolinha

Até 2012 o mundo não sabia do paradeiro da atriz Ana Lillian de La Macorra (55), interprete da namoradinha do Chaves. Ela era a típica artista conhecida por apenas um trabalho e levava uma vida reclusa, deixando os amantes do programa curiosos. Algumas pequenas informações no Wikipédia, que geralmente não se pode acreditar 100% dizia que ela estava vivendo na cidade do México, casada e escritora.
 






Então, em 2013 para a surpresa dos fãs, ela concedeu uma entrevista para um canal de TV peruano:





É claro que eu fiquei bobo quando assisti pela primeira vez, não é novidade pra ninguém que sou amante do seriado Chaves e tudo que envolve a atração me fascina. Ela tá uma senhora muito linda, aliás, parece que de 1978 pra cá, se passaram uns 5 na sua vida. Adorei tudo que foi apresentado, uma surpresa que vai ficar pra sempre no meu coração.




Em 1980 ela largou a Televisa e se mudou para os Estados Unidos pra estudar Psicologia, deixou claro que não queria mais ser atriz, sua carreira foi breve mas muito significativa.


Recentemente voltou ao México para exercer sua real profissão (Psicóloga), o  sucesso com a personagem ajudou abrir espaço em várias revistas científicas do país, onde ela escreve artigos sobre comportamento até hoje.





A ex-atriz e agora psicóloga também carrega uma responsabilidade social no seu dia a dia: comprou uma casa sustentável no campo, que fica uma hora da capital mexicana. A casa onde vive com o marido, os dois filhos e vários cachorros da raça Pastor Alemão, tem energia renovável e é toda feita de madeira em estilo vitoriano. Ousado e interessante, não?

Pra terminar, desejo sempre o melhor pra nossa querida Ana Lillian de la Macorra, que aparenta ser uma excelente profissional!




7 comentários:

  1. Sempre quis saber o que tinha acontecido com elas!
    Amei!

    ResponderExcluir
  2. Na época que eu fiz esse post alguns sites gringos tinham noticiado a morte de Regina Torné. Estou muito feliz, não passou uma brincadeira de muito mal gosto envolvendo a aposentadoria da atriz. Obrigado pela informação. Vou apagar o post sobre a 'morte' dela.

    ResponderExcluir
  3. Na época que eu fiz esse post alguns sites gringos tinham noticiado a morte de Regina Torné. Estou muito feliz, não passou uma brincadeira de muito mal gosto envolvendo a aposentadoria da atriz. Obrigado pela informação. Vou apagar o post sobre a 'morte' dela.

    ResponderExcluir